França aceita CoronaVac, mas pede reforço com Pfizer ou Moderna

França aceita CoronaVac, mas pede reforço com Pfizer ou Moderna
Photo Credit To Unsplash

Decreto oficial do governo francês libera entrada de vacinados com os imunizantes chineses, como a CoronaVac, desde que eles tomem uma dose de reforço da Pfizer ou Moderna. A entrada será permitida depois de sete dias da dose de reforço. A informação já está repercutindo na imprensa francesa, como no site 20 MinutesLeia o decreto na íntegra.

A França reconhece quatro vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e pela Comissão Europeia: Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Moderna e Janssen (Johnson & Johnson). A OMS reconhece outras, como as chinesas Sinopharm e Sinovac e as versões da AstraZeneca fabricadas fora da EU, como a Covishield, aplicada no Brasil. Quem se vacinou com a Covishield já pode pedir o passe sanitário francês.

Leia mais em Panrotas 

Related posts