Tecnologia biométrica é testada pela Amadeus em aeroporto na Eslovênia

Tecnologia biométrica é testada pela Amadeus em aeroporto na Eslovênia

Todos já estivemos na mesma situação: ficar preso nas cada vez mais lentas filas de embarque, pensando sobre por que esse processo não poderia ser mais rápido, considerando que estamos no século 21. Devido ao aumento do número de viajantes anualmente, a infraestrutura aeroportuária internacional vem enfrentando um desafio que, a menos que a abordagem seja certeira, pode causar um impacto negativo na experiência de tais viajantes.

Em uma região como a América Latina, cujo fluxo de viajantes nos aeroportos aumentou cerca de 4% e que possui núcleos aeroportuários importantes, como Panamá, São Paulo, Lima, Argentina, Uruguai ou Cidade do México, a aplicação da tecnologia para tornar o embarque mais eficiente é fundamental.

(créditos: divulgação)

Leia mais em Diário do Turismo

 

Related posts