Santos Dumont: passageiro enfrenta falta de informação e cobrança por cancelamento antes de obras

Santos Dumont: passageiro enfrenta falta de informação e cobrança por cancelamento antes de obras

Foto: Marcos Ramos / Agência O Globo

Consumidores relatam transtornos com a transferência de voos para o Galeão.

RIO – A 13 dias do início da reforma na pista principal do aeroporto Santos Dumont — que levará ao remanejamento de mais de 200 voos diariamente para o Galeão, até o dia 21 de setembro, segundo a Infraero — muitos consumidores ainda se dizem confusos sobre onde será o embarque ou desembarque de sua viagem.

Segundo os passageiros, falta informação clara das empresas aéreas sobre quais voos serão transferidos e a que tipo de assistência eles terão direito diante da mudança de aeroporto.

A gerente comercial Barbara Forjaz, de 45 anos, que faz a rota Rio-São Paulo toda semana, diz não ter recebido orientação da Gol e reclama que a transferência para o Galeão prejudica o seu deslocamento:

— Quando comprei minhas passagens, não sabia sequer que o Santos Dumont entraria em obras. Fui informada pelos jornais e fiquei preocupada, porque meu voo foi um dos remanejados. Como aqui no Rio moro em Niterói, o Santos Dumont é um trajeto próximo e mais seguro. Para o Galeão, ainda pesa um custo maior de transporte.

Leia mais em O Globo

Related posts