Saiba o que esperar da gestão de viagens corporativas no futuro

Apesar do cenário econômico atual, o mercado de viagens corporativas está otimista e em crescimento no mundo todo. De acordo com o estudo Internacional Travel Management Study 2017, da Air Plus Internacional, que entrevistou quase mil travel managers, as expectativas para os próximos anos são positivas.

Mais da metade dos gestores entrevistados, (54%) esperam a mesma demanda de viagens corporativas gerada em 2016 e um terço acredita que elas aumentarão. Apenas uma pequena parcela (10%) acredita que haverá declínio da demanda. O país mais otimista é os Estados Unidos, com 71% de gestores que acreditam em uma projeção melhor.

É importante ressaltar que o número de viagens realizadas pelas empresas depende diretamente do volume de seu orçamento disponível. Com isso, apenas 27% das companhias com baixo budget esperam um crescimento, contra 33% das de médio. Metade das corporações com grandes orçamentos acreditam em um aumento e a causa disso, deve-se a globalização e o aumento de multinacionais.

No Brasil, mesmo com muito otimismo, todos os setores acabam sendo afetados pelo momento da crise econômica que país vem enfrentando nos últimos anos. Segundo a pesquisa, o País é o principal a sentir dificuldades, cerca de 62% dos entrevistados consideram a economia atual uma influência negativa para o mercado. Nos Estados Unidos, 78% acreditam em resultados positivos, mesmo com o novo governo.

Outra incerteza para o crescimento do setor, é a saída do Reino Unido da União Europeia, que quando questionado na entrevista sobre a influência, os gestores apresentaram opiniões divergentes. Já os viajantes acreditam que a economia britânica colocará um freio nas viagens e os gestores seguem otimistas com crescimento.

Com os resultados apresentados, é possível estimar que para o setor os próximos anos será de crescimento e desenvolvimento. Com expectativa de preço e custos estáveis.

 

Fontes: Airplus (estudo) / Panrotas (matéria)

Related posts