Latam decide fechar capital da Multiplus e vai pagar R$ 27 por ação

TAM decidiu não renovar o contrato com a operadora de programas de fidelidade e fará operação estimada em R$ 1,2 bilhão tirar empresa da bolsa.

A TAM Linhas Aéreas, subsidiária integral da Latam, decidiu não renovar o contrato com a operadora de programas de fidelidade Multiplus e fechar o capital da empresa, informou a Multiplus nesta quarta-feira (5).

A Multiplus disse que recebeu comunicado da TAM, que detém cerca de 73% da empresa, informando que pretende realizar uma oferta pública de aquisição de ações ordinárias (OPA) para cancelamento do registro de companhia aberta da Multiplus e a saída do novo mercado.

Na carta à Multiplus, a TAM disse que o preço de compra pretendido é de R$ 27,22 por ação, equivalente ao preço médio ponderado dos últimos 90 pregões e ajustado por dividendos, com prêmio de 11,6% sobre o valor de fechamento na terça-feira, de R$ 24,40.

Segundo a Latam, pelo preço proposto, a aquisição total dos 27,3% do capital social da Multiplus em circulação de mercado custará cerca de R$ 1,2 bilhão.

A data para o lançamento da oferta de aquisição das ações em mercado da Multiplus está sujeita à aprovação prévia da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) da documentação regulatória necessária e a Latam informou que pretende protocolar a documentação até o início de outubro.

Nesta manhã, as ações da Multiplus chegaram a subir mais de 9%, para R$ 26,69, repercutindo o anúncio.

Justificativas

Em comunicado, a Latam justificou a decisão de fechar o capital da Multiplus à baixa evolução da participação de mercado do programa e a intenção de administrar internamente o programa de fidelidade no futuro.

“Apesar dos esforços coordenados da Latam, da Latam Airlines Brasil e da Multiplus, essa força inerente ao produto não foi suficiente para reforçar a liderança da Multiplus no mercado brasileiro de pontos de fidelidade, cada vez mais competitivo”, disse a Latam

Desde a associação dos negócios entre a chilena LAN e a TAM, em 2012, as afliadas da Latam Airlines Group tem operado dois programas de passageiro frequente separados e distintos.

A Multiplus opera o programa de fidelidade herdado da TAM, o Latam Fidelidade, enquanto o programa Latam Pass, sucessor do programa da Lan Pass da LAN, é o principal programa de passageiros frequentes na maioria dos mercados de língua espanhola da Latam.

Em maio, a Multiplus fechou com a Latam um acordo de internacionalização garantido a ela exclusividade do programa de milhagem para o Brasil, Paraguai, América do Norte e Europa. Já a Latam Pass ficou com o direito de atuar exclusivamente no Chile, Argentina, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Uruguai, Bolívia, países da América Central e nos demais países e regiões não atendidos pela Multiplus, destaca a agência Reuters.

No comunicado, a companhia destacou que, diferentemente do Multiplus, o Latam Pass é “totalmente de propriedade da Latam e operado internamente pela empresa”.

“A fim de minimizar os custos de transição e atrito para todas as partes interessadas, o Latam Airlines Group decidiu apoiar a Latam Airlines Brasil na busca da aquisição completa da Multiplus”, acrescentou.

Fonte: Globo

Related posts