Espírito Santo celebra acordo com companhias aéreas para receber mais voos

VITÓRIA (ES) – Esta terça-feira (30) foi de comemoração para o Espírito Santo. Num único evento, o estado comemorou os 20 anos do Espírito Santo Convention & Visitors Bureau, com diversas homenagens, e celebrou a assinatura do contrato de competitividade para o setor de transporte aéreo, que deve contribuir para o aumento do turismo local. As companhias aéreas Avianca, Azul, Gol e Latam aderiram ao Compete-ES e, desta forma, poderão apresentar contrapartidas para obterem redução do ICMS do querosene de aviação.

“Estamos cercados por grandes competidores, como Bahia, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Mas estamos trabalhando no nosso potencial com muita dedicação. Lutamos muito e temos uma nova estrutura aeroportuária. Demos um segundo passo e agora estamos construindo outro aeroporto em Linhares. Com isso, estamos dando passos muito importantes para aumentar o que podemos oferecer no turismo”, discursou o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung.

O Compete-ES tem o objetivo de contribuir para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do estado. A conectividade aérea foi o ponto escolhido para ampliar o fluxo turístico no destino. No dia 18 de outubro, Hartung sancionou a Lei que permite a redução do ICMS no querosene de aviação – demanda recorrente por parte das companhias aéreas. A nova legislação permite que a alíquota, hoje de 25%, possa chegar a 12% ou 7%, dependendo das contrapartidas apresentadas pelas companhias.

Com pouco tempo em vigor, a Lei já gerou frutos, com novos voos da Avianca Brasil para São Paulo (Guarulhos) e da Latam para Recife. No entanto, o destaque ficou por conta da Gol, que anunciou uma nova rota: Vitória-Buenos Aires, que terá início no dia 12 de janeiro e será operado semanalmente.

“Agradecemos as companhias que irão assinar e se comprometeram a participar disso. Não podemos perder a oportunidade de mostrar a força do nosso turismo. Não existe sucesso sem parceria. Se todos os setores não estiverem trabalhando juntos, não seria possível”, destacou o secretário de Turismo, Paulo Renato.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz participou da cerimônia no Palácio Anchieta e destacou a importância desta ação para a redução no preço das tarifas. Ele explicou que as tarifas são muito mais impactadas pelo custo do querosene de aviação, que subiu 80% neste ano, impactado pelo dólar e pelo cenário internacional, do que pelo ICMS. “Isso reduz o custo, mas não será decisivo”, acredita.

Sanovicz também demonstrou otimismo com a nova legislação. “Hoje é um dia de celebração, após tantos dias de trabalho para organizar esse ato. O que ocorreu aqui é raro. Desde o início, tivemos a certeza que essa processo não iria dar errado, tanto é que as companhias já lançaram novos voos antes da assinatura, como a Avianca, que já está com a rota entre Vitória e Guarulhos e a Latam está com a rota diária daqui para Recife”, frisou Sanovicz. “Esta Lei é um avanço sem precedentes. É o ES na rota dos grandes destinos do Brasil”, complementou.

Fonte: mercado&eventos

Related posts