Delta utilizará plástico para transformar em combustível

Uma parte do petróleo refinado pela Monroe Energy, que pertence à Delta Air Lines e opera em Trainer, na Pensilvânia, terá origem de matéria-prima sintética convertida a partir de resíduos plásticos. A novidade foi possibilitada por acordo anunciado com a Agilyx, empresa de desenvolvimento e tecnologia ambiental.

“Estou orgulhoso de que nossa empresa possa desempenhar um papel tão importante na conversão de resíduos plásticos em combustível de aviação útil para a Delta”, declara o CEO da Monroe Energy, Jeff Warmann.

Segundo o acordo, a Agilyx fornecerá cerca de 2,5 mil barris por dia da matéria-prima sintética até 2020. Esta é a nova forma da companhia aérea minimizar seu impacto ambiental e melhorar a sustentabilidade, informa a aérea.

“A Agilyx é que vai levar os resíduos plásticos, que são um grande problema para o meio ambiente, e transformá-lo em algo útil. Estou animado com a oportunidade e satisfação que a Monroe Energy e a Delta estão procurando colaborar neste terreno. quebrando projeto”, ressalta o fundador do Virgin Group e investidor da Agilyx, Richard Branson.

Fonte: Panrotas

Related posts