Delta inaugura em Atlanta o primeiro terminal biométrico dos EUA

A Delta Air Lines, em parceria com a Alfândega dos Estados Unidos (CBP – Customs and Border Protection), o Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson de Atlanta (ATL) e a Transportation Security Administration (TSA), inaugurou nesta quinta-feira (29) o primeiro terminal biométrico nos Estados Unidos. A tecnologia está localizada no Terminal Internacional Maynard H. Jackson (Terminal F), em Atlanta.

Agora, os clientes que voam diretamente para um destino internacional pela Delta, da Aeromexico, da Air France, da KLM ou da Virgin Atlantic Airways podem usar a tecnologia de reconhecimento facial desde a entrada no aeroporto até o portão de embarque para atividades como:

  • Check-in nos quiosques de autoatendimento no saguão internacional
  • Entrega da bagagem já despachada nos balcões de atendimento do saguão internacional
  • Identificação no posto de controle da TSA
  • Embarque em qualquer portão do Terminal F
  • Para passageiros internacionais que chegam aos EUA, a tecnologia pode ser usada no processo da alfândega

Os pontos de contato em todo o terminal do Aeroporto de Atlanta começaram a oferecer serviços online em meados de outubro; desta forma, quase todos os 25 mil clientes que passam pelo Terminal F a cada semana optam por realizar esses processos de forma online, e menos de 2% deles optam por voltar ao sistema presencial. Com base nos dados iniciais, a opção de reconhecimento facial economiza em média dois segundos por cliente na hora do embarque, ou nove minutos no embarque de uma aeronave de fuselagem larga.

“O sucesso do lançamento do primeiro terminal biométrico nos Estados Unidos no aeroporto mais movimentado da Delta mostra que estamos construindo o modelo de experiência biométrica nos aeroportos”, disse Gil West, COO da Delta. “Estamos eliminando a necessidade dos passageiros abrirem a mala para apresentar seu passaporte até quatro vezes por voo, e isso significa que estamos oferecendo aos clientes a opção de se movimentar pelo aeroporto com uma coisa a menos para se preocupar, garantindo aos nossos funcionários mais tempo para interações mais importantes com os clientes.”

Na esteira do lançamento bem-sucedido em Atlanta, a Delta, em parceria com a CBP e a Wayne County Airport Authority, autoridade que controla o aeroporto, expandirá o teste de embarque via reconhecimento facial que começou em julho, o primeiro do tipo no aeroporto, para todos os 14 portões internacionais do Terminal McNamara no Aeroporto Metropolitano de Detroit (DTW) até meados de dezembro.

Como funciona a tecnologia de reconhecimento facial

Os clientes com voo direto internacional saindo do Terminal F de Atlanta que quiserem usar esta opção devem simplesmente ddigitar suas informações do passaporte quando solicitado no check-in online, clicar em “Look” na tela do quiosque do saguão, ou aproximar-se da câmera no balcão do lobby, no ponto de controle da TSA ou ao embarcar no portão

Caso esqueça de inserir as informações do passaporte antes, haverá essa opção no terminal após a verificação inicial do passaporte. É preciso prosseguir assim que o sinal verde aparecer na tela Os passageiros terão que manter seus passaportes disponíveis e devem sempre trazer seus passaportes em voos internacionais para uso em outros pontos de contato/controle durante a viagem.

E, se não quiserem usar a tecnologia de reconhecimento facial, os clientes podem continuar usando o procedimento normal, como sempre fizeram no aeroporto.

Fonte: mercado&eventos

Related posts