Coronavírus pressiona setor de turismo corporativo no Brasil

Coronavírus pressiona setor de turismo corporativo no Brasil

Imagem: Getty Images

O turismo de negócios, que responde por dois terços das vendas do mercado brasileiro de turismo, encerrou 2019 com crescimento abaixo da expectativa e começa 2020 sob pressão.

No ano passado, o setor sofreu impacto de fatores como o fim das operações da Avianca Brasil (Oceanair), as manchas de óleo que atingiram a costa do Nordeste, e a alta do dólar.

Neste ano, a grande dúvida refere-se à extensão que o surto do coronavírus poderá ter no país e no mundo.

“Supondo que se consiga criar uma vacina contra o coronavírus rapidamente e a doença fique sob controle, o ano tende a ser positivo para o turismo de negócios, podendo crescer 10% a 11%. Mas ainda é cedo para prever qual será a extensão da doença”, afirmou Gervásio Tanabe, presidente executivo da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp).

Dados do mercado de turismo de negócios — Foto: Abracorp

Dados do mercado de turismo de negócios — Foto: Abracorp

Leia mais em Valor Invest

Related posts