Com mais voos, Reino Unido recebe 41% a mais de brasileiros

O Visit Britain revelou os resultados da chegada de brasileiros no Reino Unido durante o primeiro trimestre de 2018, com números positivos: 74 mil turistas nacionais entraram em terras britânicas entre janeiro e março deste ano, um aumento de 41% contra o mesmo período de 2017.

Ainda segundo a entidade, os gastos destes brasileiros foram de 56 milhões de libras, o que configura um aumento de 28% na mesma comparação ano a ano. O gasto por viajante, assim, girou em torno de 750 libras, ou pouco mias de R$ 4,1 mil.

A alta acompanha o aumento registrado em 2017 de 31% no número de turistas brasileiros no Reino Unido em comparação a 2016 – foram 244 mil. Caso o crescimento deste ano se mantenha próximo dos 40%, a quantidade de viajantes nacionais no país europeu pode passar de 340 mil em 2018.

Ainda de acordo com o Visit Britain, os últimos dados do Forward Keys mostram que as reservas de voos da América do Sul para o Reino Unido de agosto deste ano até janeiro de 2019, subiram 9% em comparação com o mesmo período do ano passado.

MAIOR OFERTA AÉREA
“Seguindo o forte crescimento de 2017, as visitas do Brasil ao Reino Unido mantiveram sua tendência de alta – e nossa previsão é de que continuem aumentando, devido à maior oferta de voos sem escalas entre o Brasil e o Reino Unido”, explicou o VP executivo do Visit Britain para Américas, Gavin Landry

Ele lembra que a British Airways anunciou recentemente o acréscimo de dois novos voos por semana entre São Paulo (Guarulhos) e Londres (Heathrow) a partir de 2 de novembro deste ano, usando novos aviões Boeing 787-9. “Com isso, passarão a ser oferecidas nove frequências por semana sem escalas a partir de São Paulo, número que se completa com o serviço diário da British entre Rio de Janeiro e Londres.

Landry também revelou o entusiasmo da entidade britânica com os iminentes novos voos da Norwegian UK para o Brasil, com voos partindo de Londres. low cost já recebeu autorização da Anac, e deve comunicar nos próximos meses para quais destinos voará no Brasil – o Rio de Janeiro é a maior aposta, com o CEO da aérea, Bjorn Kjos, estudando estrear o trajeto Londres-Rio no verão europeu de 2019.

CÉUS ABERTOS
Vale destacar que está em vias de acontecer um acordo de céus abertos entre Brasil e Reino Unido, o que tornaria ilimitado o número de frequências e capacidade de passageiros transportados entre os dois países. Confira

Fonte: Panrotas

Related posts