Bleisure: Saiba mais sobre essa tendência dos viajantes corporativos

Afinal, o que é Bleisure?

Bleisure é uma tendência mundial, que já vem acontecendo com bastante frequência no mercado de viagens corporativas. O termo une as palavras business (negócios) e leisure (lazer), que nada mais é do que a possibilidade de o viajante mesclar sua viagem de negócios com seus momentos de lazer, realizando seu compromisso profissional com excelência, e aproveitando a oportunidade para esticar um pouco mais a estadia para realizar turismo local.

Alguns players do mercado do turismo já se adaptaram a essa tendência, redes de hotéis têm criado estratégias voltadas exclusivamente para este novo perfil de viajante, já que eles sempre prolongam a estadia no mesmo hotel de sua viagem corporativa, e normalmente estão acompanhados de familiares ou amigos para esse período adicional.

Para as empresas, oferecer essa possibilidade aos seus viajantes é uma forma de elevar a satisfação, sem qualquer ônus. Além de ser percebido como um benefício, incentivar práticas como essa, podem proporcionar melhorias no desempenho profissional. É importante observar que alguns pontos devem ser avaliados, como a separação das despesas de negócio e de lazer, atendimento e assistência emergencial ao viajante – entre outros fatores que devem estar bem estabelecidos na política de viagem da empresa, para evitar possíveis divergências. Também é necessário estabelecer regras claras quanto ao duty of care, reembolso de despesas, recursos disponíveis no período de passeio, fornecedores preferenciais e canais de reserva.

O cenário brasileiro

Assim como os viajantes globais, os brasileiros praticam o bleisure há alguns anos, mas ainda encontram resistência de empresas mais conservadoras. As empresas nacionais precisam de uma visão mais contemporânea e flexível para a implementação dessa tendência, alinhando a sua política de viagens a essa nova realidade. Desse modo, é possível definir as diretrizes de forma uniforme, eliminando a burocracia no momento que o viajante decide prorrogar a permanência no destino para o lazer, já que algumas pesquisas demonstram o aumento na produtividade quando o viajante está mais descansado, realizado e feliz. Afinal, um funcionário satisfeito sempre reflete positivamente em seu trabalho e na empresa.

 

Related posts