AccorHotels chega à marca de 300 hotéis no Brasil

A AccorHotels celebra a marca de 300 hotéis no Brasil com a inauguração do Novotel Curitiba Batel, na capital paranaense. Contribuíram para essa conquista alguns investimentos que trouxeram ainda mais valor para as marcas, como em inovação e tecnologia, visando melhorar ainda mais a experiência do cliente nos hotéis, o desenvolvimento no setor de alimentos e bebidas e a busca pelo que há de mais moderno em termos de design.

“Estamos muito contentes com mais este marco. Nós apostamos muito no país e em todo o seu potencial no segmento de turismo e hotelaria. Na Europa, há 12 ou 13 apartamentos de hotel por mil habitantes. Nos Estados Unidos, 16 a 18 apartamentos por mil habitantes. No Brasil, menos de 3, o que reforça o espaço que temos para crescer ainda mais. Por esse motivo, continuaremos trazendo novidades e inovação para o mercado”, afirma o CEO AccorHotels América do Sul, Patrick Mendes.

Inaugurado em 1977, o Novotel Morumbi, em São Paulo, foi o primeiro hotel da AccorHotels no Brasil. Agora, mais de 40 anos depois, uma nova unidade Novotel marca um novo momento na trajetória da empresa no Brasil. O objetivo é ampliar a presença também na América do Sul: hoje, somando hotéis em operação e pipeline, são 510 unidades e, em 2022, o total chegará a 650.

A AccorHotels opera em todas as categorias no Brasil. O segmento econômico é atendido por ibis com 124 hotéis, 33 hotéis ibis Styles e 42 unidades do ibis budget. Entre as marcas midscale, atuam no Brasil: Novotel, com 23 unidades, Mercure, com 52 hotéis, e Adagio Aparthotel, com nove unidades. O portfólio da categoria luxo e upscale é formado por Grand Mercure, com oito hotéis, Pullman, com três hotéis, MGallery, com dois hotéis, e Sofitel, com dois hotéis, além de dois hotéis Mama Shelter.

Em 2019, uma nova marca de luxo chega ao Brasil: o Fairmont abrirá suas portas em Copacabana, no Rio de Janeiro. Sem contar o novo conceito de hospedagem e lazer Jo&Joe, no Largo do Boticário, RJ, aguardado para 2020. “A região tem capacidade para receber hotéis de diversos segmentos e nós vamos continuar expandindo a nossa atuação no mercado brasileiro, que é cheio de riquezas e potencial”, conclui Patrick.

Fonte: mercado&eventos

Related posts