Photo Credit To Bruno Lima/MTur

Pesquisa indica destinos nacionais entre os planos do viajante brasileiro

A procura por destinos nacionais deve marcar a retomada do mercado de viagens no Brasil após o fim da pandemia do novo coronavírus. É o que revelam números divulgados nesta terça-feira (26.5) durante um seminário online (webinar) promovido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) e que contou com a participação de especialistas da Universidade de Brasília (UnB).

Segundo um dos estudos, realizado em parceria com os laboratórios de Estudos em Sustentabilidade e Turismo (LETS) e de Psicologia Social da (LAPS) da UnB, locais no próprio país representavam 60% das viagens programadas por brasileiros para 2020. Conforme a consulta, que ouviu 1.136 pessoas de todos os estados, o Nordeste é alvo de 21,8% das escolhas, seguido do Sudeste (19,8%), do Sul (9,6%), do Centro-Oeste (5,7%) e do Norte (3,4%).

Já dados da Braztoa mostram que 70% dos operadores pretendem aumentar a oferta de destinos nacionais. Conforme pesquisa da entidade, 17% planejam iniciar vendas focadas no Brasil e 58% preveem a comercialização de viagens nacionais no segundo semestre. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, avalia que os resultados indicam a necessidade de atenção ao mercado doméstico, uma das metas do governo federal.

Leia mais em Ministério do Turismo

Related posts